• malu

à tua volta

- por ligia savio -



Bom mesmo é te reencontrar pelos subterrâneos

reconhecer as navalhas

todas as armas dispostas

já sem nenhuma muralha entre nós

paredes do labirinto

que se abrem a sons infernais

já não nos metem medo

tinha uma lua crescente

que te trouxe do fim da noite

às catacumbas guardadas

pra malditos e infiéis

sempre estive à tua espera

desde ontem ou de outras eras.

Por isso festejo tua presença

e as chispas de teus olhos cinza-espada

em meio a trevas quase absolutas.




poesia © Ligia Savio

imagem © Bebê Baumgarten



53 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

prometeu

bebê

viúvas